sábado, 8 de outubro de 2011

Dicas para manter a dieta e cuidar do corpo


Pequenas medidas ajudam você a se manter na dieta e cuidar melhor do corpo.
1 - Abra os olhos - O primeiro passo para ajustar um comportamento é ter consciência do hábito que se deseja mudar, diz John Foreyt, do Departamento de Nutrição da Faculdade de Medicina Baylor. Para tanto, siga o programa de três passos criado por ele: pese-se diariamente, registre tudo o que comer e os exercícios que fizer.

2 - Todo exercício conta - “Qualquer coisa que você fizer é positivo”, diz Kelly Brownell, médica da universidade de Yale. “Faz bem caminhar até a calçada e voltar? Se você estava sentado vendo TV, sim.”

3 - Vá com calma - “Pense no que você está comendo e saboreie, garfada por garfada”, diz Walter Willett, médico da Faculdade de Saúde Pública de Harvard.

4 - Trate-se melhor - Você serviria a outra pessoa aquilo que come? Segundo Mehmet Oz, professor da Universidade de Columbia e apresentador de TV conhecido como Dr. Oz, a maioria das pessoas, “se olhasse com franqueza aquilo que come, diria: ‘Não, eu jamais deixaria outra pessoa comer essa porcaria. Mas eu estou comendo, e muito, aliás.’”

5 - Prepare-se para o fracasso - A maioria de nós estabelece regras quando está de dieta. E se desrespeitamos tais regras, saímos da dieta. Em vez de agir assim, saiba que você cometerá erros e aprenda a dar a volta por cima.

6 - Carregue um “guarda-chuva” - “Quando o tempo está ruim, nós nos precavemos”, diz o Dr. David Katz, especialista em obesidade da Universidade de Yale. “Vivemos num péssimo ‘clima’ nutricional. As pessoas saem às ruas debaixo de um verdadeiro 'temporal', esperando não engordar”. Sendo assim, o Dr. Katz jamais sai de casa sem levar cereais integrais, cenouras, sementes, frutas e iogurte desnatado.

Fonte: Seleções – Reader’s Digest

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Nova mania para emagrecer, ração humana sozinha não faz milagres


Por Tatiana Pronin 

Editora do UOL Ciência e Saúde

Para emagrecer, o indicado é colocar duas colheres de ração humana em sucos, vitaminas <br>ou sopas e substituir a mistura por uma refeição
Para emagrecer, o indicado é colocar duas colheres de ração humana em sucos, vitaminas 
ou sopas e substituir a mistura por uma refeição
A cor e o cheiro lembram o de comida para cachorro. Já sobre o sabor, só pode dizer quem já filou o almoço do seu bicho de estimação. Mesmo com esse apelo pouco convidativo, a ração humana virou o termo mais repetido entre os aflitos para perder peso, que não são poucos.Embora tenha ficado famoso só recentemente, o suplemento alimentar foi criado em 2005, pela curitibana Lica Takagui. Comissária de bordo por 11 anos, ela passou muito tempo buscando uma saída para sua anemia e prisão de ventre constantes. Ela decidiu estudar naturologia e teve aulas com o médico e nutricionista Daniel Boarim, autor de diversos livros sobre a cura pelos alimentos. Com sua orientação, Lica começou a produzir a ração humana na cozinha de casa para vender. A escolha do nome se baseou no conceito do produto: reunir tudo o que o organismo precisa, como prometem os fabricantes de comida para bichos.A empresária conta que sua diarista foi a primeira “garota-propaganda” da ração humana. Percebendo a saúde e a boa forma da patroa, ela decidiu experimentar o produto. Emagreceu 42 kg e começou a vender a fórmula até no ônibus, tamanho o interesse das pessoas na mudança de visual.
A diarista acabou trocando de marido e de profissão, e a empresa de Lica continuou a prosperar. Sua fórmula passou a ser copiada por empresas do Brasil inteiro, mas a marca original, a Takinutri, continua ganhando espaço. “Já estamos vendendo para o mercado japonês, que é extremamente rigoroso, e em breve devemos entrar em Portugal”, comemora.
Flávio Florido/UOL
"Dava uma sensação de saciedade nunca vista antes no meu histórico pessoal, eu passei a comer porções menores"

Ressalvas

Apesar da empolgação com o sucesso, Lica é cuidadosa ao indicar sua criação. “Uma pessoa que sofra de hipertensão ou alguma outra doença deve buscar orientação de um profissional antes de usar o produto”, diz. Vale dizer que a versão integral da ração humana contém açúcar mascavo, por isso é contraindicada para diabéticos. Também não deve ser utilizada à noite, pois conta com ingredientes estimulantes, como o guaraná em pó.
Composto por proteínas, fibras e vitaminas, a ração humana pode ser só um complemento. Já quem quer perder peso deve substituir uma das refeições, como o café da manhã ou o jantar, por duas colheres da ração adicionada a sucos, frutas ou sopas. A versão mais indicada, nesse caso, é a light.
Flávio Florido/UOL
"A única diferença que senti foi o melhor funcionamento do intestino. Não fiquei 'incrivelmente saciada' após comer a ração"
Mas não existe milagres, como avisa Boarim. “As pessoas acham que é só usar o produto para emagrecer, mas se as outras refeições não forem balanceadas não há resultado”, explica. Quem apenas inclui o produto no cardápio vai consumir mais fibras e nutrientes, é verdade, mas também calorias: as versões disponíveis no mercado oferecem de 79 a 120 para cada duas colheres do pó, o que equivale a uma barrinha de cereais.

Grãos

Quem está interessado em experimentar a ração humana também deve tomar cuidado com sua procedência. Os grãos, quando armazenados e transportados sem o devido cuidado, podem ser facilmente contaminados por fungos, como explica Sônia Souza, professora do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP (Universidade de São Paulo).
A não ser que se conheça muito bem a origem do produto artesanal, é melhor dar preferência ao industrializado, para não correr o risco de ter uma diarreia após o consumo. O problema é que os processos de descontaminação, apesar de aumentarem a vida útil do pó, também o encarecem (os potes de ração humana podem variar de R$ 20 a R$ 80).
A nutricionista também lembra que, para obter o benefício das fibras, é preciso aumentar a ingestão de água: “Sem o consumo adequado de líquido, a ingestão pode até agravar a prisão de ventre”. O que provavelmente não é o objetivo de quem faz dieta.
Por último, a professora ressalta que, de um modo geral, uma alimentação equilibrada oferece tudo o que o organismo precisa, sem que seja necessário gastar dinheiro com suplementos. Para emagrecer de forma definitiva, reforça a especialista, só tem aquela fórmula que ninguém gosta de seguir: comer menos e se exercitar mais.

O que vai na ração humana original

QUINUA REALEspécie nativa da região do Altiplano Boliviano, encontrada a 3.800 m, na Cordilheira do Andes. Qualificada pela Academia de Ciências dos EUA como o melhor alimento de orígem vegetal para consumo humano. Possui 20 aminiácidos, entre eles a metionina e a lisina, responsáveis pela formação da proteína completa
AGAR AGARÉ uma mucilagem rica em minerais, extraída de várias espécies de algas aquáticas. Utilizado para tratamento de obesidade e prisão de ventre, devido às propriedades que ajudam a controlar o tempo certo do trânsito intestinal, para que haja a absorção correta dos nutrientes
AÇÚCAR MASCAVOObtido somente através da evaporação do caldo da cana, sem processo de refino. Considerada ótima opção para substituir o açúcar branco, que é tratado quimicamente e, por isso, isento de sais minerais e vitaminas
AVEIAContém uma espécie de goma, que envolve as moléculas gordurosas, dificultando sua absorção pelo organismo. Rica em vitamina B, proteínas, ferro, cálcio e carboidratos, atuando na formação dos ossos e do sangue
CACAUContém os minerais cromo, ferro, magnésio, potássio e fósforo. Não contém açúcar, é fonte de energia e estimulante da produção de serotonina, o hormônio do bem-estar
FIBRA DE TRIGOÉ a película externa da parte comestível do grão de trigo, que é moído sem passar por processos de beneficiamento, mantendo assim todos os seus nutrientes e vitaminas essenciais ao funcionamento do metabolismo. Rico em proteínas, fibras e ferro
FARINHA DE ARROZ INTEGRALEsta farinha preserva a película e o gérmen dos grãos onde está a maior parte dos nutrientes. Possui grande quantidade de fibras, vitaminas B1, B2, B5, B6 e é regenerador do sistema nervoso
FARINHA DE CASCA DE MARACUJÁEsta farinha tem como propriedade o controle da taxa de açúcar no sangue por ser rica em pectina, uma fibra solúvel que no nosso organismo forma um gel, dificultando a absorção de carboidratos de uma maneira geral, inclusive da glicose
FARINHA DE MILHOMuito energético, o milho traz em sua composição vitaminas A e do complexo B, proteínas, gorduras, carboidratos, cálcio, ferro, fósforo e amido. As cascas dos grãos são ricas em fibras
EXTRATO DE SOJAObtida a partir do tratamento térmico e moagem, mantendo integralmente as características nutricionais do grão. É rica em isoflavona e possui vitaminas do complexo B, proteínas e os minerais, cálcio, fósforo e magnésio
GERGELIM COM CASCAFonte de reposição de cálcio, ajuda a restaurar a vitalidade e ameniza os efeitos de sobrecarga física
GÉRMEN DE TRIGOOriundo da base do grão do trigo, onde há a maior concentração de seus nutrientes. Rico em sais minerais, proteínas e vitaminas do complexo E, B e K. Auxilia no desenvolvimento e no crescimento
GUARANÁ EM PÓContém alto teor de cafeína, que é estimulante
LEVEDO DE CERVEJAIndicado às pessoas que dispõem de intensa atividade física e mental. Repõe sais minerais e vitaminas, fortalecendo o sistema imunológico. Rico em vitaminas do complexo B, manganês, cromo e fósforo
SEMENTE DE LINHAÇARica em ácidos graxos, Omega 3, Omega 6, proteínas, sais minerais, vitaminas e aminoácidos essenciais. Auxilia e ameniza os distúrbios causados pela tensão pré-menstrual e menopausa

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Jovem americana ouve sua própria voz pela primeira vez aos 29 anos

Já se surpreendeu ao ouvir sua voz? Para alguém sem deficiência auditiva, o tom da própria voz pode causar algum espanto. Agora se imagine no lugar desta jovem americana de 29 anos que se emociona ao ouvir sua voz pela primeira vez neste vídeo divulgado no Youtube.
Sloan Churman nasceu surda e, até então, se utilizava a leitura dos sinais para entender o que os outros diziam. Embora neste vídeo seja possível ouvi-la falando inglês, faz apenas dois meses que ela voltou a escutar com clareza, graças a um implante no ouvido. 
Ao ouvir a própria voz, Churman chorou de pura emoção, e disse que sua voz lhe parecia “bastante bonita”.

Fonte: Yahoo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...