sexta-feira, 6 de abril de 2012

Pesquisas comprovam importância do café da manhã.


Olá blogueiros!! Como estão?
Tenho percebido um grande número de pessoas pesquisando, no blog, sobre o café da manhã, achei mais uma matéria interessante sobre o assunto.
Espero que gostem.
Bjos 
Bia


Pesquisas comprovam importância do café da manhã.
    "Não saia de casa sem comer" e variações como "o café da manhã é a refeição mais importante do dia" são algumas das mais sábias lições maternais. Passada por gerações a fio, por meio de uma sabedoria mais popular do que científica, a importância da primeira refeição do dia tem recebido atenção do meio acadêmico --comprovando que as mães sempre estiveram certas.
    Uma pesquisa da Universidade de Minnesota (EUA), realizada com 2.200 adolescentes e publicada no periódico "Pediatrics" no mês passado, mostrou que aqueles que consumiam café da manhã costumavam manter uma dieta saudável ao longo do dia e eram mais ativos fisicamente do que os que pulavam a refeição. Cinco anos após o início do estudo, os que tomavam café da manhã diariamente ganharam menos peso e tinham IMC (índice de massa corpórea) menor do que os que não tomavam.
    "Quem não toma café da manhã acaba comendo um volume maior no almoço, exagerando na gordura e nas calorias", diz Rosana Perim Costa, sócia-fundadora da Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e gerente de nutrição do HCor (Hospital do Coração).
    Resultados como os da pesquisa não se restringem aos adolescentes. Segundo Ana Maria Lottenberg, nutricionista da disciplina de endocrinologia da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), quem toma café da manhã é mais magro. "Diversas pesquisas mostram isso. Minha experiência no consultório mostra também que os obesos e quem tem sobrepeso geralmente escolhem só um cafezinho cedo e depois têm fome o dia todo." E acabam consumindo petiscos gordurosos durante a manhã.
     Ao acordar, o organismo apresenta hipoglicemia moderada, de cerca de 70 mg/dl, quando o normal é 100 mg/dl, o que não gera nenhum sintoma. "No entanto, se os níveis de glicose caem para menos de 55 mg/dl, com o jejum muito prolongado, os sintomas podem surgir, como tremores, pessimismo e mal-estar, pois o organismo lança mão dos mecanismos de defesa hormonal para tentar aumentar as taxas de açúcar no sangue", explica a neurologista Maria José Silva Fernandes, professora do departamento de neurologia e neurocirurgia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
    Ela afirma que, em geral, esses sintomas desaparecem sem seqüelas ao ingerir algum alimento. "O desjejum é a principal refeição do indivíduo, pois quebra o longo período de jejum e evita problemas desnecessários causados pelo hipoglicemia."


Melhor escolha
     Outro estudo, da Escola Médica Havard e do Hospital da Mulher de Brigham, nos EUA, avaliou 21.300 homens por 19 anos e concluiu que o consumo de cereais matinais integrais estaria associado a um menor risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. "O mesmo efeito pode ser observado em outros produtos integrais, e eu acredito que também em mulheres", disse à Folha John Michael Gaziano, um dos líderes da pesquisa.
Na verdade, o café da manhã é uma boa oportunidade de consumir cereais integrais, já que, em muitos casos, não estão disponíveis nas outras refeições, feitas geralmente fora de casa. As fibras aumentam a sensação de saciedade e agem diretamente no controle do colesterol e da glicemia em pessoas diabéticas.
     Não faz diferença no metabolismo o horário em que a fibra é ingerida, mas, no café da manhã, comem-se alimentos ricos em fibras solúveis -e são elas que têm o efeito no controle do colesterol e dos picos de hiperglicemia em quem tem diabetes. "Esse tipo de fibra torna mais lenta a absorção da glicose em quem tem o problema e ajuda quem tem níveis de colesterol acima do recomendado", diz Lottenberg, da USP.
     Gaziano acrescenta ainda que a ingestão de carboidratos refinados pode aumentar os níveis de insulina, levar à hipertensão, ao diabetes e à obesidade, e essas mudanças metabólicas podem gerar ataques cardíacos ou espessamento dos vasos sangüíneos. Por tudo isso, optar por uma fonte de carboidrato integral é sempre a melhor opção pela manhã.


    Ou quase: antes de praticar exercícios físicos por até uma hora, o melhor é beber um suco ou um copo de leite e deixar para fazer a refeição completa logo depois. "Se fosse praticar uma atividade física, que exigisse reações rápidas, eu recusaria o café da manhã, pois constatei que o tempo de reflexo é mais rápido após o jejum, em comparação com o consumo de flocos de milho ou granola", disse à Folha o psicólogo Leigh Gibson, da Universidade Roehampton, em Londres, que estudou o assunto.
    E, antes de qualquer coisa, ingerir um copo de água é recomendável: "O líquido ajuda a despertar o organismo mais gentilmente", diz a nutricionista Isabela Cardoso Pimentel, também do HCor.


Agradecimento: Galeria dos Pães
Fonte: JULLIANE SILVEIRA da Folha de S.Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...